Monitorar, controlar e remediar: Ruídos e Qualidade do Ar



Os Programas de Monitoramento e Controle de Ruídos e da Qualidade do Ar acompanham a emissão de ruídos, poeira e da fumaça expelida pelos equipamentos utilizados nas obras de duplicação da BR-101 PE/AL/SE/BA. Os monitoramentos são realizados ao longo da rodovia em obras, nas áreas de apoio (canteiros de obras e jazidas) e frentes de serviço e nas comunidades próximas do trecho em obras da BR-101. É uma das medidas para a prevenção e mitigação dos eventuais impactos gerados durante as atividades construtoras. Estas ações são realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura por meio da Gestora Ambiental e em atendimento a licença de instalação do empreendimento.

O monitoramento de ruído envolve medições realizadas por meio do decibelímetro (medidor de pressão sonora), inspeções que envolvem a segurança do trabalhador, tais como o uso de protetores auriculares que visam atenuar o barulho evitando danos à saúde auditiva e mental dos colaboradores e, entrevistas com os moradores lindeiros que têm o intuito de identificar se a população percebe e como percebe incômodos gerados pelos ruídos dos veículos que trafegam na BR-101 PE/AL/SE/BA.


Para a qualidade do ar são avaliados três critérios: opacidade da fumaça emitida pelos maquinários em atividade (através da Escala Ringelmann), avaliação da poeira em suspensão durante atividades de terraplenagem e do trânsito de veículos pesados nas áreas de apoio (por meio da avaliação visual da umidade do solo) e parâmetros climáticos (temperatura, velocidade do vento e umidade do ar).


Ao identificar uma situação que gere impacto a Gestora Ambiental pode atuar na proposição de medidas mitigadoras como, por exemplo, orientar ao Consórcio Construtor para o uso contínuo do caminhão pipa no trecho em obras, diminuindo assim, a emissão em excesso de material particulado no ambiente e amenizando o desconforto gerado para a população lindeira.


Para dúvidas, informações, reclamações e/ou sugestões, os cidadãos podem contatar a Gestão Ambiental através do 0800 6070 101), ou, por meio da rede social Instagram (@gestaoambientalbr101).




61 visualizações0 comentário