Gestão Ambiental/DNIT acompanha desenvolvimento da vegetação em talude de corte com uso da biomanta


No desenrolar das vistorias realizadas em dezembro/2019, a equipe da Gestora Ambiental/DNIT verificou que o resultado é favorável em relação à implantação da biomanta em talude de corte no município de Xexéu, Pernambuco. Sendo totalmente orgânica, protege o solo contra a erosão superficial e retém a umidade por mais tempo, facilitando a germinação e o desenvolvimento da vegetação no local.


As biomantas conferem proteção do solo contra efeitos dos agentes erosivos em áreas recém-terraplenadas, taludes de corte e aterro, e demais superfícies de terreno desprotegidas contra a ação dos processos erosivos.


A coberta eficiente dos taludes de corte resultantes de empreendimentos rodoviários visa evitar a formação de processos erosivos e deslizamentos. Diante disso, a equipe da Gestão Ambiental BR-101 PE/AL/SE/BA acompanha as técnicas e a utilização de produtos pelas construtoras responsáveis, onde os procedimentos são feitos de acordo com o tipo do solo, a inclinação do talude, suscetibilidade à erosão, tipo de proteção desejada (se definitiva ou temporária), altura do talude, tipo de drenagem adotada, entre outros parâmetros.


Dentre os tipos de biomanta utilizados para a recuperação de taludes de corte na BR-101 PE/AL/SE/BA estiveram os modelos feitos de fibra de coco e de fibra sintética, sendo este último utilizado somente em um dos taludes do Lote 1/PE, diante do solo rochoso.


O acompanhamento faz parte das atividades do Subprograma de Recuperação de Áreas Degradadas BR-101, e tem como principal objetivo acompanhar e contribuir com os serviços das empreiteiras, propondo medidas preventivas e/ou corretivas na recuperação das áreas degradadas.




52 visualizações
FALE CONOSCO

Ouvidora BR-101 Nordeste

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Google+ Icon

© 2018 por Douglas Ferreira -  desenvolvido para BR-101/NE.

0800 6070 101