DNIT monitora animais atropelados na BR-101 PE/AL/SE/BA durante as obras de duplicação


A ação é realizada por meio do Programa de Levantamento, Monitoramento e Mitigação dos Atropelamentos de Fauna, e tem como principal objetivo o monitoramento dos atropelamentos de exemplares da fauna silvestre da região, além da identificação de medidas que visam à redução dos índices apresentados.


Durante o monitoramento, o segmento da rodovia em análise deve ser percorrido mensalmente em ambos os sentidos com veículo em baixa velocidade (por volta de 60 km/h) à procura de evidências de atropelamentos de fauna silvestre. Todas ocorrências são devidamente registradas, catalogadas e inseridas num aplicativo desenvolvido pela Gestora Ambiental exclusivamente para este fim. É importante identificar tanto a localização do animal quanto a caracterização da região em seu entorno.


No monitoramento realizado em fevereiro/2020 foram registrados 12 sapos-cururu (26%), 10 raposas (22%), 3 jiboias (7%), 3 urubus-de-cabeça-preta (7%), 2 coelhinhos-do-mato (4%) e 2 corujas-da-igreja (4%). Além desses, registraram-se outras espécies que corresponderam a 1 indivíduo, cada uma (2%), como jararaca-malha-de-sapo, sagui-de-tufos-brancos, urubu-de-cabeça-vermelha, rolinha-fogo-apagou, anum-preto, cassaco, salamanta, tatu-peba, rã pimenta, papa-vento, guaxinim, rato, suiriri e a jaguatirica (num total de 46 animais identificados).




0 visualização
FALE CONOSCO

Ouvidora BR-101 Nordeste

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Google+ Icon

© 2018 por Douglas Ferreira -  desenvolvido para BR-101/NE.

0800 6070 101