DNIT/Gestão Ambiental monitora andamento das obras da BR-101 PE/AL/SE/BA com o auxílio de drones.


O uso dos drones tem facilitado o acompanhamento das obras de duplicação da BR-101 em atividades da Gestão Ambiental PE/AL/SE/BA. O equipamento, além de registrar imagens e vídeos, realiza o mapeamento sobre o terreno, o que possibilita praticidade e operacionalidade durante os monitoramentos em campo.


O que são drones?

São aparelhos remotamente pilotados, cuja tradução significa “zangão”, devido ao ruído que produz durante o vôo, lembrando o som emitido pelo besouro. Eles possuem a habilidade de realizar imagens de alta qualidade, proporcionando análises dos aspectos locais de diversos ângulos diferentes. Também já foram conhecidos como VANTs, mas hoje em dia o termo é considerado obsoleto pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).


Qual a vantagem do uso de drones no monitoramento ambiental?

Se comparados aos métodos tradicionais por via terrestre, os Drones são muitos mais eficazes para monitorar os ecossistemas. As aeronaves podem fazer o mapeamento aéreo da faixa de domínio da rodovia além das áreas de apoio (jazidas, canteiros de obras, rios...), e com isso identificar impactos relacionados aos meios físico e biótico.

Dentre as inúmeras vantagens do equipamento estão à praticidade e operacionalidade em locais de difícil acesso, o que facilita a obtenção de registros como “Antes e Depois”, possibilitando identificar os avanços obtidos, além de proporcionar um excelente marketing para as empresas.


A utilização destes aparelhos tem sido uma grande aliada em diversos setores por possibilitar ganhos em produtividade, segurança, em muitos casos redução dos custos operacionais, e claro, imagens indiscutíveis! Além disso, drones não usam combustíveis fósseis e assim ajuda a preservar o meio ambiente não poluindo o mesmo enquanto realizam o monitoramento.




237 visualizações0 comentário