Andamento das obras na BR-101/SE: Lotes 1, 2.1 e 2.2.


A BR-101/SE possui uma extensão de 206,1 quilômetros de extensão e conta atualmente com, aproximadamente, 97,5 quilômetros duplicados. No trecho que liga as cidades de Capela/SE a Maruim/SE, Lote 2/SE, a rodovia encontra-se praticamente toda duplicada, sendo as obras realizadas pelo 4º BEC e pela Construtora A.Gaspar.

O 4º BEC é o responsável pela execução dos serviços de engenharia nas adequações da capacidade rodoviária de duplicação da BR-101 entre o km 40 ao 51,7, Lote 2.1/SE. Na altura do KM 42, obra de arte (ponte) sobre o Rio Lagartixo, ocorre o encabeçamento da obra de arte, o que leva a intervenção na rodovia. Assim, os condutores que por ali trafegam devem reduzir a velocidade e observar com atenção a sinalização temporária de obras, há presença de maquinário e colaboradores executando atividades construtivas na frente de serviço.


Devido à intervenção no KM 42, o acesso local ao município de Capela, Lote 2.1/SE, encontra-se interditado. Os acessos para o município em questão estão sendo feito na altura do KM 34 e KM 53.


No KM 65, município de Rosário do Catete, Lote 2.2/SE, de responsabilidade da construtora A. GASPAR, estão sendo realizados serviços de restauração da antiga ponte sobre o Rio Siriri. A sinalização temporária de obras está bem dimensionada, indicando a frente de serviço. Atenção motorista, na localidade está ocorrendo à operação “Pare e Siga”, com o tráfego de veículos em meia pista, assim os condutores devem respeitar a sinalização e reduzir a velocidade a fim de evitar acidentes.

Lote 1/SE


O consórcio LCM/BTEC/VILASA é o responsável pela execução dos serviços de engenharia, para que sejam feitas as adequações da capacidade rodoviária de duplicação da BR-101 entre o km 00 ao km 40, Lote 1/SE.


A Gestora Ambiental realizou o acompanhamento entre os km 00 ao km 10, município de Propriá, Lote 1/SE. Pode-se verificar que o consórcio tem executado as seguintes atividades: terraplenagem, pavimentação e instalações de muro de gabião, New Jersey e dispositivos de drenagem.


Devido as atividades construtivas, os condutores devem ficar em alerta às condições da rodovia, uma vez que está em fase de intervenção com intenso tráfego de maquinário. Observar com atenção a sinalização de obras que por sua vez, encontra-se bem dimensionada ao longo do trecho correspondente.


A Gestora ambiental/DNIT mantém o compromisso em continuar acompanhando o andamento das obras e verificando as condições de trafegabilidade nos locais onde existem a interferências de engenharia, em especial em áreas próximas aos núcleos urbanos.




35 visualizações
FALE CONOSCO

Ouvidora BR-101 Nordeste

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Google+ Icon

© 2018 por Douglas Ferreira -  desenvolvido para BR-101/NE.

0800 6070 101