Técnicos Gestores participam de DDS acerca do descarte inapropriado de resíduos sólidos em Sergipe


Ainda no mês de março/2019, mais um DDS é acompanhado pela equipe da Gestão Ambiental no estado de Sergipe, desta vez junto a colaboradores do Consórcio BR-101 Nordeste, em Muribeca (SE). Dentre os principais assuntos abordados no desenrolar da atividade foram enfatizadas questões relacionadas ao “Descarte inapropriado de resíduos sólidos no canteiro de obras e frentes de serviço”.


Durante a abordagem, os técnicos gestores mencionaram acerca dos cuidados e recomendações relacionadas ao tema, contribuindo ainda com informações sobre o papel da equipe nos monitoramentos periódicos feitos em canteiros de obras. Em complemento, explanou-se sobre os tipos de resíduos Sólidos Urbanos (úmidos e secos) e Resíduos de Demolição e Construção Civil (RDC).


O que é e como funciona o DDS?


O DDS é uma ferramenta de reforço a respeito das boas práticas e das medidas de proteção. Ele funciona como um lembrete aos colaboradores sobre o que devem fazer na sua atividade profissional e como se protegerem de determinados riscos.

Trata-se de um encontro breve, de 10 a 15 minutos. Nessa etapa, o responsável fala para o grupo de trabalhadores sobre como serão as atividades no dia, quais serão os EPI's utilizados e as medidas que devem ser tomadas. Ainda, pode ser uma abertura para abordagens sobre os mais diversos temas.


O técnico de segurança é o responsável por abrir e manter o DDS. Ele também pode ser executado por membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), por um supervisor, por um funcionário designado ou mesmo de forma externa. É possível contratar uma empresa ou especialistas para ter essa conversa inicial com os colaboradores.


38 visualizações
FALE CONOSCO

Ouvidora BR-101 Nordeste

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Google+ Icon

© 2018 por Douglas Ferreira -  desenvolvido para BR-101/NE.

0800 6070 101

Nome *

Email *

Assunto

Telefone

Mensagem