Andamento das obras de duplicação da BR 101/SE: de Propriá a Maruim.

As obras de duplicação da BR-101/NE nos arredores dos municípios de Propriá, Malhada dos Bois, Rosário do Catete e Maruim, situados no estado de Sergipe, fazem parte dos mais de 600 quilômetros de extensão da rodovia que se encontra em obras. O referido trecho da rodovia não está totalmente duplicado e as condições do asfalto são regulares, conforme pode ser observado através dos registros fotográficos.

Lote 1/SE e 1.2/SE (Consórcio PVE e A. Gaspar S.A)

Entre o KM 0 e o KM 40, foi identificada a paralisação das obras construtivas desde o mês de Janeiro de 2018, não havendo previsão de retorno para as mesmas. Porém, na altura do KM 03, município de Propriá, Lote 1.2/SE, a construtora A. Gaspar S.A responsável pela manutenção e construção das obras de artes (pontes e viadutos) realiza atividades de recuperação do antigo viaduto sobre a linha férrea com serviços de Apicoamento da laje estrutural e corte e dobra de ferragens.

Ainda no lote em questão foi observada a instalação de um Pare e Siga para controlar o acesso ao município de Propriá e o tráfego em meia pista sobre a linha férrea. A sinalização no local se encontra bem dimensionada, indicando os locais com obras e a presença de redutor de velocidade.

Lote 2.1/SE e 2.2/SE (Consórcio VMP e A. Gaspar S.A)

As obras entre os Km 51,7 e 77,3 estão paralisadas, conforme registro no Diário Oficial da União de 03 de junho de 2015, sem a previsão para a retomada dos trabalhos. No entanto, ressalta-se que nas cidades de Rosário do Catete e Maruim foram instalados redutores de velocidade e pontos de ônibus, seguindo as normas estabelecidas pelo órgão competente. 

No Lote 2.2/SE está sendo realizada a construção de uma nova ponte sobre o rio Lagartixo (obra de arte) e ainda, a recuperação da ponte antiga, o que inclui atividades de corte, dobra de ferragens e serviços de marcenaria. No local também foi observado um Pare e Siga que controla o tráfego em meia pista sobre a referida ponte. Foi constatada a instalação de sinalização temporária, bem como a presença de colaboradores orientando os condutores quanto à redução da velocidade e cuidado em relação ao tráfego no local.

O fluxo de veículos ao longo da rodovia é intenso, assim se faz necessário que os motoristas respeitem o limite de velocidade, pois é comum a travessia da população lindeira desses municípios. 

FALE CONOSCO

Ouvidora BR-101 Nordeste

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Google+ Icon

© 2018 por Douglas Ferreira -  desenvolvido para BR-101/NE.

0800 6070 101

Nome *

Email *

Assunto

Telefone

Mensagem